JASC:”O público voltou a prestigiar de maneira efetiva as competições”residente da Fesporte, Marcelo Kowalski

0
229

O público voltou a prestigiar de maneira efetiva as competições, e isso nos deixou muito felizes. Além disso, o retorno extremamente positivo que recebemos dos municípios nos dá a certeza do sucesso do evento”, declarou Kowalski, que completou: “A cidade de Itajaí está de parabéns pela organização e empenho” para que tudo saísse da melhor forma possível”, destacou o p

presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski,- Foto: Adilson Pacheco/RN
presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski,- Foto: Adilson Pacheco/RN

…………..

Os dirigentes responsáveis pela 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) fizeram um balanço positivo da competição, que termina terça-feira (25), em Itajaí. Eles reuniram a imprensa para uma entrevista coletiva pela manhã.
O presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, abriu o bate-papo com os jornalistas ressaltando o que, para a Fesporte, foram as questões mais destacadas: “O público voltou a prestigiar de maneira efetiva as competições, e isso nos deixou muito felizes. Além disso, o retorno extremamente positivo que recebemos dos municípios nos dá a certeza do sucesso do evento”, declarou Kowalski, que completou: “A cidade de Itajaí está de parabéns pela organização e empenho” para que tudo saísse da melhor forma possível”, destacou.
Os Jasc terminam nesta terça com Itajaí – cidade-sede – como campeã geral da competição. Blumenau e Florianópolis ocupam, respectivamente, o segundo e o terceiro lugar. Foram cerca de 5 mil atletas, de 89 municípios disputando 26 modalidades e 47 troféus em 11 dias de provas. “As maiores estrelas dos Jasc são os atletas, e aqui em Itajaí nestes dias eles puderam brilhar”, enfatizou o coordenador-geral dos Jogos Abertos, Dárcio de Saules.
Conforme o presidente da Comissão Central Organizadora Local, Álvaro Provesi, há dois anos, quando houve a definição de Itajaí como cidade-sede dos Jasc 2014, formaram-se comissões para planejar e preparar o município para o evento. “Cuidamos da segurança, da urbanização e de muitos detalhes estruturais nas escolas, entre outros locais, para garantir o bem-estar de todos os participantes dos Jasc”, afirmou. A estruturação da cidade de Itajaí também foi mencionada pelo presidente do Conselho Estadual de Esportes, Alexandre Monguilhott. “Itajaí se preparou para uma grande competição. Agora fica o legado de uma super infraestrutura que poderá ser muito bem aproveitada pela comunidade”, destacou.
Também estavam presentes o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), Aldo Abrahão Massih Jr (que explicou aos jornalistas o papel do Tribunal nos eventos esportivos), e o superintendente da Fundação de Esporte e Lazer de Itajaí, Fabrício Marinho, que destacou o trabalho feito para chegar ao título e disse que já projeta a próxima competição que Itajaí sediará, os Joguinhos Abertos, já em 2015.

Joaçaba já projeta 2015
A coletiva de imprensa teve ainda a participação do prefeito de Joaçaba, Rafael Laske, que falou sobre a mobilização no município para os Jasc de 2015. Ele falou sobre a parceria com Luzerna e Herval D’Oeste, que mais uma vez, como nas outras cinco vezes que os Jasc estiveram na cidade, dividirão os espaços para a realização das competições. “Já temos uma equipe trabalhando, fazendo o levantamento dos locais e das obras necessárias para o evento. Estou aqui também para analisar o que Itajaí fez para que possamos adaptar à nossa realidade”, concluiu.