Porto de Itajaí – A APM Terminals Itajaí irá dobrar a quantidade de contêineres operados por mês

 

Foto: Luciano Sens

Foto: Luciano Sens

 Dos atuais 18.000 TEUs (unidade de medida referente a um contêiner de 20 pés), o terminal passará a movimentar 36.000 TEUs por mês já a partir de fevereiro de 2018 devido a três novos serviços que ligam o Brasil à Costa Leste da América do Sul, África e América Central, incluindo o Sudeste dos Estados Unidos.

A APM Terminals Itajaí irá dobrar a quantidade de contêineres operados por mês no Porto de Itajaí. Dos atuais 18.000 TEUs (unidade de medida referente a um contêiner de 20 pés), o terminal passará a movimentar 36.000 TEUs por mês já a partir de fevereiro de 2018 devido a três novos serviços que ligam o Brasil à Costa Leste da América do Sul, África e América Central, incluindo o Sudeste dos Estados Unidos.

O anuncio oficial foi realizado na manhã desta sexta-feira, 09, durante coletiva de imprensa na sede da APM Terminals de Itajaí e na oportunidade contou com a presença do Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, membros da Superintendência do Porto de Itajaí e demais lideranças do complexo portuário de Itajaí, entre eles, trabalhadores portuários que atuam junto aos sindicatos dos Arrumadores, Conferentes, Estiva, Vigias, Cargas e Descargas, e demais profissionais que atuam nas atividades do complexo portuário.

“Estas são conquistas muito importantes para nós, demonstrando que os consistentes padrões de produtividade e flexibilidade que a APM Terminals Itajaí oferece às linhas de navegação, combinados com um forte foco em clientes importadores e exportadores, são muito valorizados pelo mercado”, disse Ricardo Arten, Diretor Superintendente da APM Terminals Brasil. “É importante destacar que o nosso terminal, além de liderar o segmento de serviços agregados aos clientes finais em Santa Catarina, dispõe de uma condição única como porto: está localizado em Itajaí, que é a principal plataforma logística do Estado. Tudo isso faz a diferença quando o assunto é movimentação de contêineres”, completou Arten.

APMT 1 Novas linhas

Em tom de otimismo e confiança, o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni destacou os avanços que o Porto de Itajaí vem demonstrando nos últimos meses, e destacou em sua fala o crescimento da atividade portuária com a divulgação de novas linhas que estarão operando em Itajaí, “Esse momento é único, pois apresenta a união de forças entre a empresa arrendatária, a APM Terminals, a mão de obra avulsa dos nossos trabalhadores e representantes de sindicatos que atuam no porto e acima de tudo a participação direta da Superintendência como Autoridade Portuária. É um momento também onde todos os esforços envolvidos tendem a diminuir custos e com isso aumenta a movimentação levando a competitividade de mercado”, pontuou o prefeito Volnei Morastoni.

Durante o lançamento dos novos serviços, foi assinado um protocolo de entendimento com representantes dos Sindicatos dos Trabalhadores Portuários Avulsos de Itajaí. “O princípio de apoio mútuo, o diálogo contínuo e transparente e as relações de trabalho saudáveis que se estabeleceram nos últimos anos e que são refletidas no protocolo assinado hoje representam um marco de união por Itajaí, o qual nos dá maior segurança ao buscar novas linhas, assim como oferece aos portuários a perspectiva de mais oportunidades de trabalho. Ganha o terminal, ganham os trabalhadores e ganha a cidade como um todo”, destacou Arten.

“Nós estamos vivendo hoje um passado não muito distante e prova disso é o crescimento gradativo e considerável que o Porto de Itajaí vem apresentando nos últimos meses. As cargas estão chegando, os espaços físicos, em nossos berços estão sendo preenchidos por volumes de cargas conteinêrizadas, nossas estatísticas vêm demonstrando mensalmente aumento na movimentação e acima de tudo está existindo um elo positivo entre as partes envolvidas pela nossa atividade portuária. Estamos chegando num ponto alto onde o porto e a cidade aguardavam muito por isso”, destacou o representante da Superintendência do Porto de Itajaí – Assessor de Diretoria, Marcello Alessandro Petrelli.

“Com a participação direta dos trabalhadores portuários, a análise que fazemos hoje através deste anúncio é de que estamos alinhavados com a empresa (APM Terminals), a Superintendência do Porto de Itajaí e com a Prefeitura de Itajaí. Posso afirmar que atualmente estamos com as portas abertas e entendemos o que de fato pode ou não ser realizado em prol de nosso esforço e auxílio junto à Autoridade Portuária” reforçou o Presidente do Sindicato dos Conferentes do Porto de Itajaí, Márcio Aurélio Guapiano.

Foto: Marcos Porto (Secom/PMI).

Foto: Marcos Porto (Secom/PMI).

Mais rotas e mais armadores para o Porto de Itajaí:

 O navio Login Jacarandá, que opera a rota da Costa Leste da América do Sul através dos principais portos do Brasil, Uruguai e Argentina, fez a sua primeira atracação na APM Terminals Itajaí no dia 4 de fevereiro. O serviço costeiro do Atlântico Sul, oferecido pelos navios da Login e da Mercosul Line, será atendido em Itajaí nos fluxos Sul e Norte, duas vezes por semana, tendo o terminal como porto de transbordo.

Desde terça-feira, 6, o serviço semanal Brazex da CMA CGM, que oferece transporte rápido para a Colômbia (17 dias), Jamaica (20 dias) e Estados Unidos (25 dias), iniciou também suas operações em Itajaí, adicionando ao portfólio do terminal uma importante rota para a indústria catarinense, especialmente para os produtores de carnes congeladas, como de frango e de suínos, além de madeiras no fluxo de exportação. Melfi, Maersk Line e Sealand também participam do serviço.

A partir do dia 16 de fevereiro, a APM Terminals Itajaí receberá também a rota Samwaf, conectando os principais portos brasileiros à África do Sul, Congo e Angola, com o tempo médio de transporte de 12 dias através do serviço operado pela CMA CGM, NileDutch, Safmarine, Maersk Line, Hapag Lloyd e Hamburg Sud.

A APM Terminals Itajaí já atende mais de 15 armadores em duas rotas asiáticas, uma conexão direta com os portos do Mediterrâneo e Norte da Europa por transbordo em Algeciras (Espanha), e um outro serviço de cabotagem. Além da presença no porto catarinense, as operações da empresa no Brasil incluem ainda a APM Terminals Pecém, no Estado do Ceará e a Brasil Terminal Portuário, no Porto de Santos.


Luciano Sens  – Porto de Itajaí


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>