Pele – São Paulo – Ricardo Alonso, do Led’s Tattoo:Remoção de tatuagem a laser: Como funciona?

 

Ricardo Alonso - Leds Tattoo

Ricardo Alonso – Leds Tattoo

A tatuagem não é mais considerada uma marca eterna na pele, graças ao desenvolvimento tecnológico atualmente é possível remover uma tatuagem ou até mesmo criar um novo desenho para alterar a antiga, dando a possibilidade de renovar a pele. Muitos famosos comemoram estas alternativas. Não é novidade saber que determinada celebridade fez uma tatuagem por impulso ou em homenagem ao companheiro, mas se arrependeu e fez um novo desenho ou passou por sessões de laser. Entre as personalidades que já assumiram que realizaram o procedimento estão: Angelina Jolie, Megan Fox, Alessandra Negrini, Deborah Secco, Isabeli Fontana, Viviane Araújo, Latino, jogador Ronaldo, entre outros.

Recentemente a cantora Manu Gavassi esteve no Led’s Tatto para a remoção de duas tatuagens no braço. Ricardo Alonso, do Led’s Tattoo, foi quem realizou o processo na cantora e explica como foi: “No caso da tatuagem da Manu foi utilizado o preto que é o pigmento que rompe mais fácil. Nós aplicamos o laser na primeira sessão e o pigmento continuará no mesmo local da tatuagem. Nos próximos 30 dias o sistema imunológico começará a mandar o pigmento para o sistema linfático e durante esse período, o mesmo será eliminado na urina. As sessões serão feitas a cada 30 dias”.

Ricardo Alonso realiza o procedimento de remoção a laser no Led’s Tattoo desde 2009. Ele explica como funciona: “O primeiro passo é resfriar a pele, o que já elimina 80% da dor, em seguida aplicamos o laser em cima do pigmento. A onda de luz emitida pelo laser atua seletivamente sobre o pigmento, removendo-o e preservando a pele ao redor. A tinta da tatuagem é removida utilizando um comprimento de onda específico que passa através da pele, sendo absorvida pelo pigmento”.

Divulgação

Divulgação

Segundo Ricardo, alguns fatores são determinantes para efetivação dos resultados da remoção de tatuagem com laser, tais como: cor da tatuagem, quantidade de pigmento usado (tattoo mais antiga, sai com mais facilidade), local da tatuagem e resposta imunológica de cada pessoa.

O tempo que se leva para remover uma tatuagem a laser depende do tamanho e das cores utilizadas na tatuagem. O número de sessões também varia muito, mas elas devem ser realizadas com um intervalo de aproximadamente 30 dias, entre uma aplicação e outra.

Remoção de tatuagem a laser: Como funciona?


Ricardo Alonso, do Led’s Tattoo, fala sobre a eficácia do procedimento

A tatuagem não é mais considerada uma marca eterna na pele, graças ao desenvolvimento tecnológico atualmente é possível remover uma tatuagem ou até mesmo criar um novo desenho para alterar a antiga, dando a possibilidade de renovar a pele. A tecnologia de clareamento feita a laser evoluiu muito nos últimos anos. Ricardo Alonso, do Led’s Tattoo, é um dos principais experts no assunto e explica como é realizado o procedimento: “Primeiro resfriamos a pele, o que já elimina 80 % da dor, em seguida aplicamos o laser em cima do pigmento. Na primeira sessão o pigmento continuará no mesmo local da tatuagem. Nos próximos 30 dias o sistema imunológico da pessoa vai jogar no sistema linfático e durante esse período, o mesmo será eliminado na urina”.

  • Mas atenção, existem diversos fatores que influenciarão o processo de remoção ou clareamento de uma tatuagem, são eles:
    cor da tatuagem (a cor preta sai com mais facilidade, colorida é bem mais difícil).
    - quantidade e profundidade do pigmento na pele.
    - qualidade do pigmento.
    – tamanho da tatuagem.
    – resposta imunológica pessoal.
    – local da tatuagem, etc.

Segundo Ricardo, a maioria dos clientes que o procuram tem como objetivo apagar uma tatuagem muito antiga ou nomes de ex-namoradas(os), por exemplo. “Ninguém deve conviver com um desenho que não lhe agrada. Com essa técnica podemos clarear a tatuagem e cobri-la com uma nova arte ou removê-la totalmente”, diz Alonso.

Sereno, instrutor de resgate da Força Aérea por 13 anos, Ricardo explica que seu trabalho exige muita psicologia por muitas vezes ter que lidar com situações delicadas, entre elas, “apagar marcas do passado”.

Para evitar arrependimentos, ele recomenda que o cliente e os tatuadores estejam alinhados com a arte. “O normal é a pessoa se orgulhar da tatuagem e não querer escondê-la. Por isso, é preciso amadurecer as ideias antes de levá-las adiante “, finaliza Ricardo.





 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>