Café de manhã com a Corinna Halloran

Dia 13: Café de manhã

Texto:karina sca
Tripulante do barco SCA

Esta manhã curtindo uma xícara de café, pegando um pouco de fôlego para fazer uma pausa, são estes momentos que com a sua xícara de café (ou chá!) ‘da hora’, que fará o nosso dia a dia ficar fora do comum e muito mais especial. • Posted on January 16, 2015
Um amigo meu tem um projeto fotográfico chamado “Café de Manhã”. Cada manhã, antes de todo mundo acordar, ele ousa em arriscar com o seu café matinal em rumo à praia de Maine e fotografa a serenidade do mar selvagem. As suas fotografias capturam o poder do mar e a magnitude absoluta do amanhecer do dia. Esse é um momento em que a maior parte das pessoas gostam de dormir, mas uma coisa pode-se dizer que, sem dúvida, é um dos momentos mais pacíficos do dia.
Aqui, nesse meio da Baía de Bengal, não podemos nos dar o luxo em dormir, portanto a maioria de nós tem o raro privilégio de aproveitar um destes momentos. Quando o sol nasce em alto mar, não se pode ajudar, sentimo-nos tão pequenos como se fôssemos hipnotizados pelo sol que surge lá no horizonte. Aqui, estamos próximos da linha do equador, sem árvores nem construções que possam obstruir a nossa visão, podem crer, aqui o sol é enorme!
Quando Sally se deslocou na direção onde o sol estava nascendo, ela não conseguia olhar para longe. “É excepcional, não é?” em particular ela não disse isso especialmente a ninguém. “Não sou realmente uma pessoa que goste acordar de manhã, mas uma das minhas coisas favoritas é admirar o nascer do sol com um bom café. Não tenho um café agora, mas tenho a roda do leme, o que não é nada mau”.

Quando o sol se levanta, percebe-se como realmente há tanta tranquilidade no barco, em tudo ao seu redor, até em momentos mais ventosos, toda a área continua sendo tranquila. Até então, podemos ouvir de como o barco e o mar são empurrados através da ondas; o vento (ou nenhum vento) ecaracolam-se por detrás das orelhas. Geralmente, o gracejo do dia ainda não tem começado para as meninas, onde elas esfregam os olhos de sono. É um momento prístino.
Pois, esta manhã, curtindo a sua da sua xícara de café, tome um minuto de folga para cumprimentá-lo. Termine de ler este blog, logo, saia do computador ( os sites bisbilhoteiros continuarão lá no mesmo lugar!), saia para fora, e se puder vá à praia para curtir o mar; respire e deixe receber tudo de braços abertos. Será nestes momentos, com a sua xícara de café (ou chá!) que fará o nosso dia a dia, ficar fora do comum e muito mais especial.
– See more at: http://teamsca.com/pt_pt/blog/day-13-morning-coffee#sthash.olwfwb87.dpuf