Artur de Figueiredo – Opinião: O melhor levantador para substituir Uriarte no Sada Cruzeiro

 

Rapha- Guia Taubaté

Rapha- Guia Taubaté

Artur de Figueiredo
Correspondente em São Paulo

Em tempos que o mercado está emergindo e as especulações se tornam os grandes protagonistas das contratações desse ou aquele atleta. O Cruzeiro, recentemente, campeão da Superliga, como de praxe, viria como o nome da vez, o alvo dos clubes, na missão de tirar seus principais atletas. O clube mineiro perdeu nessa janela, o levantador Nico Uriarte (destaque, eleito o melhor jogador da decisão) e o ponteiro Leal (eleito o MVP da competição), que acertou com o Civitanova da Itália.

A perda do brasileiro, naturalizado, que defendeu o clube celeste por 6 anos é muito sentida pelos fãs e o próprio clube que vê como missão árdua: trazer um jogador do mesmo patamar de Leal. Os rumores crescem pela chegada do americano Sander. Outra posição muito sentida e até questionada foi a saída de Uriarte. O jogador que veio com incumbência de defender a equipe mineira por mais temporadas, especialmente, pela atuação, na finalíssima da Superliga Masculina.

Uriarte se tornou alvo de um concorrente forte, a equipe do SEM Taubaté, que conta com o técnico argentino Castellani, que já havia sondado o levantador. Ao fim da competição nacional, a informação que ele havia acertado com o time do Vale do Paraíba acabou ‘vazando’. Sem ter um plano B, o Cruzeiro buscou na força do próprio grupo. Como diz o ditado: ‘Santo de casa não faz milagre’. Para os cruzeirenses, faz e muitos milagres. O jovem levantador Fernando ‘Cachopa’ será o titular da posição. Para a reserva, o experiente Sandro, vem pra fazer uma ‘sombra’ e dar um ar de segurança e maturidade para a equipe.

O Cruzeiro, em outros tempos, tentou a contratação do levantador Rapha, que curiosamente, defende o Taubaté (equipe que o argentino, se transferiu). O jogador que defende a equipe do interior paulista vai sofrer assédio de outras equipes, especialmente, em um momento como esse, em que outro argentino, Castellani, escolheu um jogador para a posição na qual foi destaque, mostrando total falta de confiança no levantador brasileiro.

Seria hora de Rapha respirar outros ares?

É a pergunta que não quer calar. Com uma equipe pronta, como Sada Cruzeiro, viria como principal nome e bastão para a trupe de Marcelo Mendez. Vale destacar: a temporada acabou e há muita água para passar debaixo da ponte e novidades surgirão. O rendimento de Cachopa e Sandro serão colocados a prova, especialmente, por serem pilares da equipe mais copeira do planeta.

Somente o tempo poderá dizer…

corres