Artur de Figueiredo: A verdade sobre a saída de William do Cruzeiro

Sesi São Paulo- Vôlei

Sesi São Paulo- Vôlei

 

Artur de Figueiredo
Correspondente em São Paulo

O atual levantador do Sesi que teve os seus ‘anos dourados’ no Sada Cruzeiro, com várias conquistas, em um depoimento ao quadro  ‘Sem Bloqueio’, do canal SporTV, falou sobre a sua saída do clube celeste. Ao contrário do que se pensa, o levantador campeão olímpico com a seleção não minimizou ao falar do porquê dele sair de uma equipe na qual ele era ídolo e multicampeão.

O jogador que decide amanhã mais uma vez a Superliga, só que desta vez, contra o seu ex clube, não titubeou em argumentar sobre sua saída. “Eu sou de São Paulo, gostaria de estar de voltar, ficar mais perto da minha família”, alega o levantador sobre a questão da distância.

O ponto cume da entrevista foi quando Arjona citou sua relação com o comandante cruzeirense Marcelo Mendez na qual não era das melhores, como muitos imaginavam. “Ele queria impor o jeito dele e eu o meu. Não aceitava intromissão no meu jogo. Eu fazia o que eu imaginava e achava melhor”, enfatizou.

Com anos de muitas conquistas, poucos acreditavam que havia alguma rusga entre o jogador e o técnico. Ambos se encontram amanhã em mais uma decisão, só que em posições contrárias. William Arjona é um dos pilares da equipe paulista que se classificou diante o Sesc Rio. Enquanto, Marcelo Mendez teve que trabalhar como ‘psicólogo’ pra recuperar a equipe celeste, despois de estar perdendo por 2 a 0 e virar o embate, contra a equipe do EMS Taubaté.

Façam suas apostas

Quem vence o duelo de amanhã: Marcelo Mendez ou William Arjona?

 

corres