12ª Volvo Ocean Race deu início,terça-feira (16), a seu capítulo final

Haia (1))

Chamada de a ‘Fórmula 1 dos mares’, a regata de Volta ao mundo deu início, nesta terça-feira (16), a seu capítulo final. A prova entre a França e a Suécia terá um pit-stop de 24 horas na Holanda

Edição: Adilson Pacheco
Fonte: Flávio Perez/VOR
Post:Post:16/06/-19:02

A principal regata de Volta ao Mundo do planeta será decidida nos próximos dias. Os sete barcos da Volvo Ocean Race deixaram a francesa Lorient com destino a Gotemburgo, na Suécia, para um percurso de 960 milhas náuticas, o que equivale a 1.777 quilômetros. No meio do caminho, as equipes serão obrigadas a parar por 24 horas na cidade de Haia, na Holanda, uma ação inédita nos 42 anos de história do evento. A etapa de número nove definirá o vice-campeão e o terceiro colocado – o vencedor por antecipação é o Abu Dhabi Ocean Racing depois de mais de oito meses de competição.
O barco holandês Team Brunel está atualmente em segundo lugar com 27 pontos perdidos, seguido por Dongfeng Race Team, MAPFRE e Team Alvimedica. Todos têm chance de pódio no final.
“Estamos brigando pelo pódio, acho que esse era o objetivo até o final da regata. Agora é fazer o que temos feito, tentar o máximo, ver se a sorte nos ajuda e no fim olhar como foi o resultado. É dar duro, correr pra ver como fica, não dá pra pensar muito, são quatro barcos disputando duas posições e nós temos que chegar à frente deles, então é fazer o nosso melhor pra ver como termina essa regata”, disse o brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca, integrante do espanhol MAPFRE.
Por causa da decisão, dificuldade do percurso e até o pit-stop, a etapa nove promete ser uma das mais complicadas do evento. “Sairemos de Haia para Gotemburgo com a mesma diferença de tempo que chegamos até à Holanda. Isso é bastante complicado, principalmente se levar em conta que é uma regata curta. Ou seja, em Haia praticamente se define muita coisa. São muitos canais, muitas pontas para se passar, portanto disputaremos praticamente uma regata in-port de dois dias e meio”, concluiu Bochecha.
O percurso terá 17 zonas de exclusão de tráfego de Lorient para Gotemburgo. Os barcos devem demorar até três dias para chegar em Haia e mais dois para Gotemburgo. O reinício na Holanda está previsto para sábado (20). Eles devem chegar na Suécia até a tarde da próxima segunda-feira (22).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>